Última hora

Última hora

Moscovo e Washington procuram acalmar ânimos no G8

Em leitura:

Moscovo e Washington procuram acalmar ânimos no G8

Tamanho do texto Aa Aa

Rússia e Estados Unidos tentam acalmar tensões antes do encontro de Vladimir Putin e George W. Bush à margem da cimeira do G8. Os dois chefes de Estado protagonizam hoje este frente-a-frente, num momento em que as relações entre os dois países arrefeceram para níveis que ressuscitaram o fantasma da Guerra Fria.

Putin e Bush estão agora bastante longe do consenso mostrado há onze meses, na reunião do G8 em São Petersburgo, quando debatiam a adesão da Rússia à Organização Mundial de Comércio.

O projecto dos Estados Unidos para instalar um dispositivo anti-míssil na República Checa e Polónia é vivamente criticado por Moscovo. Putin ameaçou mesmo apontar mísseis à Europa, caso se concretize o plano norte-americano.

Ontem, numa tentativa de acalmar ânimos, um porta-voz do Kremlin disse que isso era apenas “uma das hipóteses consideradas”.

No primeiro serão da cimeira, Putin disse estar “aberto a discutir todos os problemas” com os parceiros do G8, “num espírito construtivo”.

Bush disse, por seu lado, que ía aproveitar o encontro bilateral com Putin para acalmar os receios de Moscovo, desconfiada das intenções de Washington.