Última hora

Última hora

Beirute volta a estar na mira dos atentados

Em leitura:

Beirute volta a estar na mira dos atentados

Tamanho do texto Aa Aa

A explosão de um carro armadilhado esta quinta-feira matou pelo menos uma pessoa e feriu três numa zona cristã de Beirute. Além das vítimas, a explosão causou grandes estragos materiais. O atentado, o quinto em dezoito dias, não foi reivindicado. A bomba explodiu na zona industrial de Zouk Mosbeh, a vinte quilómetros a norte de Beirute.

O incidente ocorre numa altura de grande tensão no Líbano. Desde 20 de Maio que o exército libanês cerca o campo de refugiados palestianos de Nahar el Bared, no norte do país, perto de Tripoli, numa tentativa de obter a rendição do grupo sunita Fatah al Islam.

O cerco dura há 19 dias. Esta quinta-feira, o grupo extremista ligado à al Qaida ameaçou estender a batalha a outras partes do Líbano. Em declarações à televisão, o ministro da justiça libanês afirmou que o país era alvo de uma guerra terrorista multiforme e sublinhou que a população e o exército permanecem unidos.

Enquanto prossegue o conflito, a França e a Arábia Saudita investem num novo esforço de mediação entre o governo apoiado pelo Ocidente e as facções pró-sírias. O conflito fez 105 mortos, entre eles 46 soldados.