Última hora

Última hora

Director operacional EADS demite-se

Em leitura:

Director operacional EADS demite-se

Tamanho do texto Aa Aa

A EADS perdeu um dos seus executivos de topo. Trata-se do francês Jean-Paul Gut, director operacional do grupo franco-alemão de aeronáutica e de defesa, que evocou “disputas sobre as políticas a seguir” razão para a decisão anunciada esta segunda-feira.

De acordo com um comunicado emitido pela EADS, Jean-Paul Gut, de 46 anos, não conseguiu chegar a acordo com os co-directores executivos do gigante europeu, o francês Louis Gallois e o alemão Tim Enders, sobre a integração das estratégias de marketing e vendas, que considerava serem essenciais para o funcionamento eficiente da empresa.

A saída de Gut surge numa altura em que a EADS se debate com elevados prejuízos na sua subsidiária Airbus. Em 2006, o gigante europeu registou perdas de 94 por cento nos lucros, o que corresponde a cerca de 100 milhões de euros.

O director operacional, responsável pelos departamentos de marketing, internacional e de estratégia, deixa a EADS com uma indemnização de 2,8 milhões de euros.

O seu sucessor será Marwan Lahoud, presidente da filial de mísseis MBDA, que passará a ser o director de Marketing e de Estratégia do grupo.