Última hora

Última hora

Egipto: polícia perturba eleições

Em leitura:

Egipto: polícia perturba eleições

Tamanho do texto Aa Aa

As eleições para o Senado estão a ficar marcadas por episódios de violência. A polícia de choque impediu cidadãos de votarem em algumas zonas de grande influência da Fraternidade Muçulmana, cortando o acesso a pelo menos duas mesas de voto em Ausim, no Noroeste do Cairo.
Candidatos da Fraternidade Muçulmana acusam também os agentes governamentais de os terem espancado e de terem colocado votos nas urnas antes da votação ter começado.
A Fraternidade Muçulmana, que é o principal Bloco da Oposição à Assembleia, com um quinto dos lugares, decidiu desafiar o poder com um slogan, doravante ilegal. “Estamos ligados ao nosso slogan ‘O Islão é a solução’ e vamos mantê-lo aconteça o que acontecer”, garantiu Jamal Tag El Din, advogado da Fraternidade Muçulmana.