Última hora

Última hora

Napoleão bate "record do mundo"

Em leitura:

Napoleão bate "record do mundo"

Tamanho do texto Aa Aa

Napoleão, homem de extravagâncias, continua a dar que falar e, 186 anos após a sua morte, o imperador corso continua a bater recordes do mundo. Aconteceu este domingo, na cidade francesa de Fontainebleau, onde o sabre usado por Napoleão na batalha de Marengo, a 14 de Junho de 1800, foi vendido por 4,8 milhões de euros.

As expectativas andavam pelo milhão e meio de euros, mas a corrida à preciosidade disparou o preço. O comprador é descendente do irmão de Napoleão, Jerónimo, de seu nome.

Aliás, foi a este irmão que o imperador ofereceu o sabre, mas as voltas da vida levaram-no a passar por várias mão, mas sempre dentro do clã Bonaparte. A peça, com incrustações em ouro, foi manufacturada em Versailles, sob desenho de Nicolas-Noel Boutet.