Última hora

Última hora

Primeiro-ministro belga apresentou resignação do Governo

Em leitura:

Primeiro-ministro belga apresentou resignação do Governo

Tamanho do texto Aa Aa

Depois da derrota nas eleições legislativas, o primeiro-ministro da Bélgica apresentou hoje a resignação. O Rei Alberto II aceitou-a, mas pediu a Guy Verhofstadt para permanecer em funções até estar formado o novo Governo.
O Partido Liberal Flamengo conseguiu apenas 18 lugares, contra os 30 dos democratas-cristãos flamengos de Yves Leterme.
À perna do Partido Liberal Flamengo ficou o partido Nacionalista Vlaams Belang, que assegurou 17 lugares, menos um do que em 2003. O líder dos nacionalistas Filip Dewinter fala numa vitória do movimento: “Eles não podem continuar a ignorar o movimento e fechá-lo num cordão sanitário”.
Cada região teve o seu vencedor. Na Flandres, que tem mais peso por concentrar seis dos dez milhões de habitantes, o vitorioso foi então Yves Leterme. Já na Valónia, os liberais francófonos do ainda ministro das Finanças Didier Reynders conquistaram 22 lugares, mais um do que o Partido Socialista, que pagou a factura dos negócios que afectaram a gestão de Charleroi, a primeira cidade desta região.