Última hora

Última hora

UE e Sérvia retomaram as negociações

Em leitura:

UE e Sérvia retomaram as negociações

Tamanho do texto Aa Aa

A Sérvia e a União Europeia retomaram as negociações do Acordo de Associação e Estabilização, visto como um primeiro passo rumo à adesão. O vice-primeiro ministro sérvio, Bozidar Djelic, e o comissário para o alargamento, Olli Rehn, começaram esta quarta-feira as conversações, interrompidas há 13 meses.

O governo sérvio considera que esta é uma boa oportunidade para tentar convencer a União Europeia a respeitar o que considera “a soberania e a integridade territorial do país”. Ou seja, Belgrado continua a recusar a independência do Kosovo, contrariamente ao previsto pelo plano do enviado da ONU. Mas o comissário Olli Rehn foi bem claro: “As negociações sobre o Acordo de Associação e Estabilização e o estatuto do Kosovo são dois processos distintos.”

O Kosovo mas também a questão dos criminosos de guerra fazem da adesão plena da Sérvia uma perspectiva longínqua.

Embora Carla del Ponte tenha apreciado a captura de Zdravko Tolimir, a procuradora-geral do Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia continua a reclamar a entrega, ao TPI, de Ratko Mladic e de Radovan Karadic. O antigo chefe militar dos sérvios da Bósnia e o seu líder político, acusados de genocídio, no massacre de Srebrenica, continuam a monte.