Última hora

Última hora

Abbas designa Fayyad chefe de governo de emergência

Em leitura:

Abbas designa Fayyad chefe de governo de emergência

Tamanho do texto Aa Aa

O independente Salam Fayyad vai formar um governo de emergência. O ministro das Finanças cessante foi encarregue pelo presidente Mahmud Abbas de formar um gabinete provisório depois de ter destituído o executivo controlado pelo Hamas.

O presidente da Autoridade Nacional Palestiniana (ANP) destituiu, esta quinta-feira, o governo do primeiro-ministro Ismail Haniyeh, depois de uma semana de violência interpalestiniana que matou mais de 100 pessoas.

Mustafa Barghouti, ministro da informação cessante, diz que o objectivo do novo governo “é o de preparar novas eleições democráticas. As pessoas têm que decidir nas urnas como querem que as coisas se passem. Ninguém deverá aceitar as coisas à força”, acrescenta.

A constituição de um governo provisório é uma decisão que o Hamas não aceita. Na quinta-feira, Haniyeh rejeitou a legitimidade do decreto presidencial de destituição do governo. Já esta tarde, o porta-voz do movimento islâmico afirmou que a equipa que vai ser formada por Salam Fayyad “não é legítima”.

Um conselheiro do presidente da ANP afirmou que Fayyad, antigo alto funcionário do Fundo Monetário Internacional (FMI), deverá escolher os membros do novo gabinete nas próximas horas e muitos dos novos ministros deverão ser independentes.