Última hora

Última hora

Fayyad espera apresentar governo palestiniano de emergência nas próximas horas

Em leitura:

Fayyad espera apresentar governo palestiniano de emergência nas próximas horas

Tamanho do texto Aa Aa

Os palestinianos e a comunidade internacional terão de esperar, pelo menos até este domingo, para conhecer a composição do novo governo de emergência. Começará então a difícil tarefa do primeiro-ministro designado Salam Fayyad. O executivo, desejado pelo presidente Mahmud Abbas, tem por agora apenas o controlo de uma parte do território, o Hamas recusa a destituição do seu governo e ameaça levar a violência da Faixa de Gaza para a Cisjordânia.

Abbas mantém-se afastado da imprensa, mas Jibril Rajub, um dos seus conselheiros, reagiu aos últimos acontecimentos, considerando que “o se passou há dois dias na Faixa de Gaza foi um erro fatal e um crime, um golpe que ameaça a possibilidade de criar um Estado palestiniano independente”.

Os radicais tomaram o controlo da Faixa de Gaza e na Cisjordânia a situação degrada-se rapidamente, com a Fatah a retaliar a derrota sofrida.

O Hamas garante que 150 dos seus apoiantes foram raptados no território. Em Ramallah, foi atacado o parlamento, controlado pelos radicais, e em Hebron, as Brigadas dos Mártires de al-Aqsa, próximas da Fatah, intimidam quem dê trabalho a apoiantes do partido rival e multiplicam os postos de controlo nas ruas.