Última hora

Última hora

População de Gaza sem alimentos

Em leitura:

População de Gaza sem alimentos

Tamanho do texto Aa Aa

O director da polícia palestiniana proibiu os agentes de trabalharem na Faixa de Gaza, que se encontra sob controlo do Hamas. Foram os próprios homens do movimento islamista que patrulharam o trânsito esta manhã. Após uma semana de violência entre o Hamas e o Fatah, que fez mais de cem mortos, os habitantes de Gaza saíram à rua para procurar comida e tentar um regresso à normalidade.

Mais de um milhão de pessoas vivem na Faixa de Gaza, a maioria desempregadas. Para evitar uma catástrofe humanitária, as Nações Unidas estão a asegurar 70% da alimentação. Os palestinianos têm recebido nas últimas horas alimentos e água depois do isolamento a que estiveram votados durante esta semana devido à violência.

Em contrapartida, a assistência médica faz-se com mais dificuldade. A Cruz vermelha denunciou a violação da neutralidade médica perante o bloqueio ao acesso aos hospitais e centros de saúde.