Última hora

Última hora

Queen Elizabeth 2 deixa os mares

Em leitura:

Queen Elizabeth 2 deixa os mares

Tamanho do texto Aa Aa

Um grupo estatal do Dubai comprou o mais antigo navio de cruzeiros ainda em funcionamento.

O Queen Elizabeth 2, lançado em 1969, foi comprado por 100 milhões de dólares, o equivalente a 75 milhões de euros. Depois de 800 travessias do Atlântico, o navio vai ser transformado num hotel de luxo, com lojas e museu.

Como diz Bill McLear, editor de uma revista especializada em cruzeiros, acaba agora um ciclo importante: “É uma boa ideia e apanhou-nos a todos de surpresa. O navio tem mais de 40 anos e não pode navegar para sempre. É o fim de uma era”.

As gigantescas ilhas artificiais do emirado do Dubai são a próxima morada do Queen Elizabeth 2, que em vez de cruzar os mares vai agora ficar permanentemente ancorado.

Para trás ficam festas como aquela que marcou a primeira chegada do transatlântico ao porto de Nova Iorque. Durante os quase 40 anos de vida, transportou 2,5 milhões de passageiros.

O navio pertence à Cunard, a maior empresa de transatlânticos do Mundo, filial do grupo Carnival. A Cunard pensa agora comprar mais um navio, para juntar à frota que inclui também o Victoria e o Queen Mary 2.