Última hora

Última hora

União Europeia suspende embargo ao novo governo palestiniano

Em leitura:

União Europeia suspende embargo ao novo governo palestiniano

Tamanho do texto Aa Aa

Depois do Hamas ter tomado pela força a Faixa de Gaza o novo governo, dirigido pelo primeiro-ministro Salam Fayyad controla apenas a Cisjordânia.

O executivo de emergência palestiniano reuniu-se, esta segunda feira, em Ramallah para tentar travar a caos que assola o território.

Em conferência de imprensa o ministro da Informação Riyad Al-Malki afirmou que vão ser tomadas medidas para resolver o conflito, acrescentando, que a Faixa de Gaza não deve ficar refém do Hamas.

A Faixa de Gaza limitada a norte e a leste por Israel e a sul pelo Egipto tem sido palco, nos últimos dias, de violentos confrontos entre as duas facções islâmicas.

O presidente da Autoridade Nacional Palestiniana Mahmoud Abbas, jà fez saber que pretende pedir a Israel nos próximos dias para ajudar a fortalecer o novo Governo do Fatah na Cisjordânia. Um apoio que pode passar pela libertação de prisioneiros e pela reorganização das forças de segurança

Também, a União Europeia vai apoiar economicamente o executivo da Fatah com a suspensão do embargo em vigor desde a chegada ao poder do Hamas, em 2006.

Ao mesmo tempo, os 27 mantêm a ajuda humanitárias na Faixa de Gaza cujas fronteiras estão completamente encerradas por Israel.

O Exército reforçou os efectivos ao longo da fronteira com a Faixa de Gaza para impedir a saída em massa dos refugiados palestinianos.

Hà dez dias que a Faixa de Gaza permanece completamente isolada.

Na passada sexta-feira e sábado, apenas, duas passagens foram abertas para permitir a saída de jornalistas, pessoal humanitário e 500 refugiados do movimento Fatah.