Última hora

Última hora

Novo governo francês apresentado

Em leitura:

Novo governo francês apresentado

Tamanho do texto Aa Aa

Terminou o jogo da dança das cadeiras no governo francês. A maioria dos ministros foi reconduzida em funções, tal como o primeiro-ministro, François Fillon.

Como ditou a segunda volta das legislativas de domingo, Alain Jupé perdeu o lugar de superministro
de Estado, da Ecologia e do Desenvolvimento Sustentável. O lugar vai agora ser ocupado por Jean-Louis Borloo que deixa o Ministério da Economia.

No novo executivo desenhado por Nicolas Sarkozy, o Ministério da Economia foi atribuído a Christine Lagarde, antiga ministra da Agricultura e primeira mulher a liderar este Ministério em França.

O antigo comissário europeu, Michel Barnier foi o escolhido para o Ministério da Agricultura e é a única cara nova em relação ao governo anunciado no dia 18 de Maio, a seguir à vitória de Sarkozy nas presidenciais.

São 12 os novos secretários de Estado. Rama Yade é um dos exemplos de abertura prometidos por Sarkozy. Aos 30 anos, esta jovem de origem senegalesa assume o cargo de secretária de Estado dos Direitos do Homem.

A fundadora da associação “Ni Putes, Ni Soumises”, de origem magrebina, Fadela Amara, foi nomeada secretária de Estado para a Política da Cidade.

Destaque ainda para a nomeação do seleccionador francês de râguebi, Bernard Laporte, para o cargo de secretário de Estado da Juventude e Desportos.
A incorporação efectiva de Laporte no Governo apenas vai ter lugar em Outubro, quando terminar o campeonato de mundo de râguebi organizado precisamente pela França.