Última hora

Última hora

Apoio internacional ao presidente palestiniano deixa Hamas isolado

Em leitura:

Apoio internacional ao presidente palestiniano deixa Hamas isolado

Tamanho do texto Aa Aa

O Hamas encontra-se cada vez mais isolado a nível internacional. Esta terça feira, o ex-primeiro ministro, Ismail Haniyeh convocou a primeira reunião de emergência com elementos do anterior governo de unidade nacional. Um encontro marcado pelas críticas ao Ocidente e ao novo executivo de Mahmoud Abbas, que consideram ilegal.

Na Faixa de Gaza a situação mantém-se caótica. Israel tinha bloqueado todas as saídas desde a tomada do poder por parte do Hamas, mas esta terca feira foi aberto um corredor junto à fronteira de Erez permitindo efectuar o primeiro carregamento de comida. Permitida foi, também, a entrada de ambulâncias para recolher feridos.

Na Faixa de Gaza vivem actualmente cerca de 1 milhão e meio de pessoas. Para evitar o pior, a agência da ONU para ajuda aos refugiados palestinianos insiste na abertura das passagens fronteiriças.

Depois da saída do Hamas, o presidente da Autoridade Nacional Palestiniana, Mahmoud Abbas, conseguiu o apoio internacional. Reunidos em Washington, George W. Bush e o primeiro ministro isrealita, Ehud Olmert, começaram, esta terça feira, a definir uma estratégia para ajudar a resolver o conflito palestiniano.

Durante o encontro o presidente americano pediu ao dirigente israelita maior abertura face às pretensões do Abbas.