Última hora

Última hora

Gripe das aves na República Checa

Em leitura:

Gripe das aves na República Checa

Tamanho do texto Aa Aa

O espectro da gripe das aves volta a pairar sobre a Europa.

O vírus H5N1, variante transmissível ao homem, foi detectado numa unidade de exploração a cerca de 150 quilómetros de Praga, a capital da República Checa.

Na quinta, situada na região de Tisova, foram já abatidos 1800 perús de um total de 6.000 aves.
E as autoridades afirmam que todos as aves situadas nas pequenas explorações em redor serão também abatidas.

As autoridade sanitárias, apoiadas pela polícia e pelo exército, estabeleceram um perímetro de segurança de 10 quilómetros em torno da zona afectada e começou a ser feito um controlo estricto do transporte de aves na região.

Os produtores estão impedidos de apresentar as aves e os produtos avícolas nos mercados.

É o primeiro caso de presença do H5N1 na Europa nos últimos quatro meses. O vírus já tinha sido identificado na Rússia, na Grã-Bretanha e na Hungria e em todos estes países a propagação foi controlada com o abate das aves e medidas de segurança.

O governo checo pôs em funcionamento uma célula de crise e o Ministério da Saúde decretou a vacinação com Tamiflu de todos os funcionários da quinta e de todas as pessoas que estiveram em contacto com as aves da exploração atingida.