Última hora

Última hora

Colocada primeira pedra do museu da história do judaísmo em Varsóvia

Em leitura:

Colocada primeira pedra do museu da história do judaísmo em Varsóvia

Tamanho do texto Aa Aa

Foi colocada, esta tarde, em Varsóvia, a primeira pedra do ambicioso museu da história do judaísmo da Polónia. A cerimónia contou com a presença de várias personalidades, entre elas os grandes rabinos de Telavive, Meir Lau, e da Polónia, Michael Schudrich, e o ex-presidente federal alemão Richard von Weizsacker.

No discurso que proferiu durante a cerimónia, o presidente polaco, Lech Kaczynski, referiu que “o museu é uma grande oportunidade para ultrapassar a falta de conhecimento e para uma reconciliação cada vez mais profunda entre os dois povos.” E apelou para que “a história comum seja relembrada”.

O antigo presidente alemão fez questão de reconhecer a responsabilidade da Alemanha no Holocausto e disse estar “convencido de que é necessário relembrar o incrível sofrimento dos judeus.” A construção do museu deverá começar no início do próximo ano. O edifício vai ficar no centro do antigo gueto de Varsóvia, junto ao monumento e homenagem aos heróis da insurreição de 1943. Antes do holocausto, Varsóvia era a principal cidade judaica da Europa, com uma população de cerca de 400 mil judeus.