Última hora

Última hora

Vaga de calor mata na Europa

Em leitura:

Vaga de calor mata na Europa

Tamanho do texto Aa Aa

A canícula que abafa o sudeste da Europa causou já a morte a 40 pessoas. Em Itália a vaga de calor provocou pelo menos quatro mortos, a temperatura atingiu os 42 graus desencadeando fogos florestais na Sicilia, e também nas regiões de Puglia e Calábria. Palermo, a capital da Secilia sofreu hoje um corte geral de energia electrica em várias zonas. As chamas ameaçaram algumas residências na localidade de Piano e Occhio, cujos habitantes tiveram de ser levados para locais seguros. As autoridades locais distribuiram máscaras à população para se protegerem de substâncias químicas emitidas pelo fumo.

Ameaçada pela catástrofe sanitária encontra-se a Roménia onde se eleva a 29 o números de mortos em uma semana.Bucareste conhece recordes de temperatura máxima a rondar os 46 graus, calor que derrete o alcatrão e mesmo suficentes para fritar um ovo.

Na Turquia há a resgistar um morto. Istambul, Anatólia e Bursa, no nordeste, são as províncias mais afectadas. Outros países da Europa debaixo desta vaga de calor são a Bulgária com 42 graus, a Grécia com 44 graus e quatro mortos, Albânia três mortos e Croácia com dois mortos. Tudo indica a continuação deste pico de calor.