Última hora

Última hora

Vaga de calor responsável por mortes e incêndios no sudeste da Europa

Em leitura:

Vaga de calor responsável por mortes e incêndios no sudeste da Europa

Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto a Inglaterra sofre com as intensas chuvas, o Sudeste da Europa continua sob os efeitos de uma forte vaga de calor. Com os termómetros a registar temperaturas acima dos 40 graus, a Sicília e o Sul de Itália vêem-se confrontados com numerosos incêndios.

As operações de combate às chamas são dificultadas pelo siroco, um vento quente vindo de África e que está a atingir o país. O calor intenso provocou a morte de um idoso italiano na região da Calábria. Roménia, Turquia e Chipre são outros dos países que já registaram mortes relacionadas com as altas temperaturas.

A costa mediterrânica da Turquia também foi afectada por incêndios, enquanto a Roménia espera para hoje o dia mais quente dos últimos 90 anos. Vinte cinco pessoas morreram na mais recente vaga de calor em território romeno. A Grécia, que tem registado as temperaturas mais altas, poderá bater o recorde para o mês mais quente de Junho desde que há registos. Dois cidadãos gregos faleceram devido ao calor dos últimos dias.