Última hora

Última hora

Carla Del Ponte prolonga mandato por três meses

Em leitura:

Carla Del Ponte prolonga mandato por três meses

Tamanho do texto Aa Aa

A procuradora Geral do Tribunal Pena lnternacional para a ex-Jugoslávia, Carla Del Ponte, aceitou prolongar o mandato até Dezembro.

A decisão final cabe, agora, ao Conselho de Segurança da ONU e ao governo Suiço, onde Del Ponte continuará a trabalhar quando cessar funções.

O objectivo do TPI é julgar alegados criminosos durante a guerra da Jugoslávia. Entre eles está o general Ratko Mladic, um dos responsáveis sérvios mais procurados por genocídio.

Em Estrasburgo no final do debate do Conselho da Europa sobre as investigações do TPI, Carla Del Ponte afirmou: “sabemos que Mladic se encontra na Sérvia e sabemos, também, que podemos contar com total apoio por parte do governo.”

Esta quinta feira, a televisão pública holandesa avançou com o nome do magistrado belga Serge Brammertz como um possível sucessor da actual procuradora.

Brammetz encontra-se, actualmente, a investigar a morte do ex-primeiro ministro do Líbano, Rafik Hariri.

Criado em 93 para julgar os crimes cometidas na ex-Jugoslávia, este tribunal deverá encerrar as portas em 2010.