Última hora

Última hora

Gazprom duplica lucros

Em leitura:

Gazprom duplica lucros

Tamanho do texto Aa Aa

Os lucros da Gazprom, monopólio russo da distribuição de gás, duplicaram no ano passado, relativamente a 2005, para os 18 mil milhões de euros.

As vendas no mercado interno, o menos rentável para o grupo, cresceram 15%, mas o salto foi de 93% no resto dos países da ex-URSS. É aqui e no resto da Europa que a Gazprom faz a maior parte do dinheiro, uma vez que na Rússia os preços do gás são subvencionados pelo Estado.

O valor total das acções da Gazprom está agora avaliado em 186 mil milhões de euros. O volume de negócios cresceu 56% para os 62 mil milhões de euros. Em termos de volume, as vendas aumentaram, num ano, 7%, para os 579 mil milhões de metros cúbicos.

O grupo sublinhou que a compra da Sibneft, hoje Gazprom Neft, divisão para o petróleo, em Outubro de 2005, influenciou estes números. Num comunicado, a administração frisou que a compra desta empresa, antes controlada pelo milionário Roman Abramovich, fez aumentar os custos de exploração em quase metade.

O aumento nos lucros reforça a posição da Gazprom, no lugar de símbolo do poderio energético da Rússia.