Última hora

Última hora

Lançamento do iPhone causa febre nos EUA

Em leitura:

Lançamento do iPhone causa febre nos EUA

Tamanho do texto Aa Aa

O produto mais desejado dos últimos tempos já está à venda: o iPhone foi lançado esta sexta-feira no mercado norte-americano.

Como o nome deixa adivinhar, este objecto é fabricado pela Apple e é a junção de dois conceitos: telemóvel e iPod. Além de poder tocar vídeos e ficheiros MP3, como um iPod, o novo telemóvel possibilita também trabalhar na Internet.

Diz o analista Lawrence Harris: “O nível de interesse neste produto quase não tem precedentes. Há 100 milhões de iPods que andam por aí. Por isso este é um mercado natural. A Apple é um dos gigantes da electrónica de consumo e se alguém pode mudar os padrões de consumo neste sector, essa empresa é a Apple”.

Em Nova Iorque, como noutras grandes cidades americanas, havia filas intermináveis, desde há dois dias, à porta das lojas. Todos queriam ser os primeiros a conseguir o iPhone, até quem não é muito destas coisas: “Não sou do tipo de fazer fila para comprar um produto. Mas quando ouvi, há nove meses, rumores sobre o lançamento do iPhone, decidi vir para esta fila. Acho que vale a pena”, diz um cliente.

O novo gadget faz sonhar os consumidores e sobretudo a Apple, que graças às notícias sobre o lançamento, viu as acções subir 40% desde Janeiro.

Só este fim de semana, segundo as previsões, podem ser vendidos 200.000 exemplares.