Última hora

Última hora

A polícia britânica avança depressa nas investigações

Em leitura:

A polícia britânica avança depressa nas investigações

Tamanho do texto Aa Aa

Progresso rápido nas investigações sobre os três atentados frustrados nas últimas 48 horas na Grã-Bretanha. Cinco pessoas foram presas a última em Liverpool. Estas detenções relacionam-se com o ataque ao aeroporto de Glasgow e com os carros-bomba encontrados em Londres.

O estado de alerta máximo foi decretado no pais, o que implica o refoço do número de efectivos policias nos locais públicos e o controlo de veículos. O primeiro-ministro britânico afirmou que a polícia, “faz grandes progressos”. A célula de crise do governo, designada Cobra, reúne-se diariamente desde sexta-feira, a ministra do Interior exorta os britânicos à vigilância e aconselha que alertam a polícia em caso de situações suspeitas. A polícia britânica fez explodir, de forma controlada, um automóvel relacionado com o ataque ao aeroporto de Glasgow.

A viatura suspeita estava estacionada no parque do hospital de Paisley onde está internado um dos autores do atentado contra o terminal.