Última hora

Última hora

Julgamento do 11-M termina em Madrid

Em leitura:

Julgamento do 11-M termina em Madrid

Tamanho do texto Aa Aa

Chega hoje ao fim o julgamento dos atentados de 11 de Março de 2004 em Madrid. As alegações finais dos advogados de defesa de Rabei Ousmane Sayed Ahmed, mais conhecido por “ Mohamed o egípcio” e do marroquino Jamal Zougam, põem termo a quatro meses de audiências.

Mohamed é um dos três presumíveis autores morais dos ataques e Zougam o alegado responsável pela colocação dos engenhos. O Julgamento foi dividido em 57 audiências durante as quais o presidente do tribunal Javier Bermudez ouviu mais de 300 testemunhas e 60 peritos.

Os atentados de 11 de Março da capital espanhola causaram 191 mortos e cerca de 1800 feridos, o ataque terrorista mais sangrento registado no país. Na Europa só o atentado aéreo de Lockerbie, com um total de 270 mortos, fez mais vítimas. As audiências terminam esta segunda-feira mas o veredicto só deverá ser conhecido em meados de Outubro. Em Espanha a pena máxima para crimes terroristas é de 40 anos de prisão.