Última hora

Última hora

Mais dois médicos suspeitos de terrorismo

Em leitura:

Mais dois médicos suspeitos de terrorismo

Tamanho do texto Aa Aa

Foi na Austrália que a polícia deteve um oitavo suspeito ligado aos atentados falhados de Londres e Glasgow. Um homem de 27 anos, médico com estágio na India, foi detido no aeroporto de Brisbane esta noite, quando se preparava para abandonar a Austrália, a sua nacionalidade não foi revelada até ao momento.

Um segundo homem, também médico foi interrogado pela polícia australiana mas ainda não foi estabelecida qualquer conexção entres o dois casos. Ontem outras duas pessoas tinham sido detidas no quadro da investigação – dois médicos de nacionalidade iraquiana e jordana, um dos quais é apontado como o cérebro da operação.

Dos oitos suspeitos detidos, acusados de pertencerem a uma célula terrorista, três viram a pena de prisão preventiva prolongada até sábado, mas a detenção pode prolongar-se até um máximo de 28 dias. Desde o fim-de-semana o alerta contra o terrorismo se encontra no nível máximo. Scotland Yard admitiu a ligação entre os veículos armadilhados descobertos no sábado no aeroporto de Londres, e o atentado com uma viatura em chamas que no sábado atingiu o aeroporto de Glasgow. O fracasso das três recentes tentativas de atentados no Reino Unido parece dever-se ao amadorismo dos seus autores, mas é também por isso que é difícil encontrá-los, segundo especialistas em movimentos
islâmicos radicais.