Última hora

Última hora

Tiroteio junto a mesquita 11 pessoas em Islamabad

Em leitura:

Tiroteio junto a mesquita 11 pessoas em Islamabad

Tamanho do texto Aa Aa

Onze mortos e mais de 100 feridos é o balanço provisório de um tiroteio, esta tarde, junto à mesquita vermelha de Islamabad, no Paquistão. As forças de segurança e um grupo de extremistas islâmicos envolveram-se em confrontos. De acordo com um dos responsáveis do local de culto oito estudantes extremistas morreram no tiroteio.

Fontes hospitalares davam conta da morte de um soldado. A polícia confirma ainda a morte de um jornalista e de um empresário que se encontravam no local quando começou o tiroteio. Na quinta-feira, perto de um milhar de soldados foi destacado para a zona da mesquita, conhecida pelas suas posições radicais, na capital paquistanesa.

A decisão seguiu-se ao rapto de cinco cidadãos chineses acusados de actos contra o islão alegadamente levado a cabo por estudantes membros do movimento de Maulana Abdul Rashid Ghazi, que gere a mesquita e defende um movimento islâmico próximo do regime talibã.

O exército recorreu a granadas de gás lacrimogéneo para evacuar o local de culto, o que provocou a troca de tiros. Dos altifalantes da mesquita podia-se ouvir apelos para que os fiéis do movimento iniciassem ataques suicida contra membros das forças de segurança.