Última hora

Última hora

Boeing ataca Aibus

Em leitura:

Boeing ataca Aibus

Tamanho do texto Aa Aa

O construtor aeronáutico norte-americano Boeing, apresentou, este domingo, o seu mais recente modelo, o 787.

É a réplica da marca ao Airbus A350.

O novo avião, como o seu congénere europeu, pode transportar 210 passageiros na versão de luxo, 330, no formato prelecta.

A fuselagem foi construída com materiais leves, como os compósitos de hiper-carbono e titaniun, geralmente usados em esquis, raquetas de ténis ou barcos de recreio.

Já existem encomendas, sobretudo, do Japão. A All Nipon Airways comprou 50 unidades e a Japan Airlines ficou-se pelas 35.

A General Electric e a Rolls Royce conceberam os motores. Mas há outros parceiros associados, como a Mitsubishi, a Kawasaky e a Fuji.

O avião foi apresentado hoje, porque estamos no mês 7, dia 8 do ano da graça 7 do terceiro milénio. Tudo junto dá 787, a nomenclatura do aparelho. A coincidência não foi inocente e o markting lembra-se de tudo.

O preço: 73,6 milhões de euros.