Última hora

Última hora

Cremes solares devem proteger contra UVA e UVB

Em leitura:

Cremes solares devem proteger contra UVA e UVB

Tamanho do texto Aa Aa

Com o sol, mais vale prevenir do que remediar. Por isso, a Comissão Europeia lança uma nova campanha para informar os cidadãos sobre a protecção solar. Para começar, Bruxelas pediu à indústria que colocasse ordem nos logótipos e nas descrições dos produtos. Assim, todos os cremes solares devem proteger simultaneamente contra os UVA e UVB, isto é, os raios ultravioleta A e B.

Além disso, o factor de protecção máximo será o 50. A designação ‘ecrã total’, desaparece, já que, como explica a comissária Meglena Kuneva, responsável pelos consumidores, “na realidade, ‘protecção total’ é algo que não corresponde à verdade. As pessoas têm de saber, têm de estar conscientes do tipo de protecção no qual podem, realmente, confiar, no que respeita aos cremes solares.”

A Comissão recorda que o creme deve ser aplicado frequentemente e em grande quantidade – pelo menos, 35 gramas, para um adulto. Mas a protecção solar passa também por evitar a exposição ao sol entre o meio-dia e as quatro da tarde, e por usar chapéu e óculos de sol. Recorde-se que anualmente, na Europa, são diagnosticados mais de 59 mil novos casos de cancro de pele.