Última hora

Última hora

Gordon Brown avisa José Sócrates sobre "linhas vermelhas" do tratado

Em leitura:

Gordon Brown avisa José Sócrates sobre "linhas vermelhas" do tratado

Tamanho do texto Aa Aa

Gordon Brown afasta a realização de um referendo sobre o futuro tratado da União. O novo primeiro-ministro britânico recebeu, no n. 10 da Downing Street, o seu homólogo português e presidente em exercício da União, José Sócrates.

Gordon Brown recordou que o Reino Unido impôs as chamadas “linhas vermelhas” e que, se elas forem respeitadas, não há necessidade de referendar o texto. Os britânicos não querem que a Carta dos Direitos fundamentais seja vinculativa, e recusam o reforço da política externa comum e a perda de competências judiciais e fiscais.

Sócrates, por seu lado, manifestou solidariedade face aos atentados terroristas falhados da semana passada no Reino Unido. “Gostaria de garantir ao Sr. Primeiro-ministro que a matéria ‘combate ao terrorismo’ estará no topo da agenda portuguesa, durante a nossa presidência. A Europa precisa de mais cooperação policial para fazer face a essa ameaça”, afirmou Sócrates.

Os Vinte e Sete têm ainda na memória os atentados de Londres, em 2005, e de Madrid, em 2004. Desde então, a luta contra o terrorismo tem sido uma constante da política europeia. Na passada terça-feira, a Comissão Europeia propôs novas medidas, como uma rede europeia de intercâmbio de dados dos passageiros das companhias aéreas, uma base de dados de explosivos roubados ou perdidos, a vigilância do ensino do islamismo radical ou a criminalização da divulgação, via internet, das instruções para construir bombas.