Última hora

Última hora

Quatro culpados pela justiça britânica por conspiração terrorista nos ataques falhados de 21 de Julho

Em leitura:

Quatro culpados pela justiça britânica por conspiração terrorista nos ataques falhados de 21 de Julho

Tamanho do texto Aa Aa

Quatro homens dos seis acusados no processo sobre os atentados falhados de 21 de Julho de 2005 em Londres foram considerados culpados de conspiração terrorista pela justiça britânica. Chamam-se, da esquerda Muktad Saïd Ibrahim, Yassim Hassan Omar, Ramzi Mohamed e Osman Hussein.

Têm menos de 30 anos, são de origem africana e muçulmana e vivem em Londres. Ficou provado que os quatro teriam provocado um massacre semelhante ao dos ataques suicidas concretizados duas semanas antes, a 7 de Julho de 2005, em que morreram 56 pessoas, incluindo os kamikazes.

O juri está ainda a avaliar os veredictos dos outros dois acusados. Um deles terá deixado uma mochila com explosivos num cesto de papéis numa estação de metro e depois terá fugido. O sexto homem é acusado de ter participado nos preparativos dos atentados mas deixou o Reino Unido seis semanas mais cedo. Todas as sentenças devem ser proferidas nos próximos dias.

Tudo indica que os culpados não vão escapar da prisão, já que segundo o juíz responsável, os homens em causa passaram pelo menos quatro meses a preparar os ataques suicidas no quadro de um complô terrorista para matar o maior número de pessoas possível.