Última hora

Última hora

Aditivos alimentares com novas regras

Em leitura:

Aditivos alimentares com novas regras

Tamanho do texto Aa Aa

Corantes, antioxidantes, gelificantes e outras substâncias que tais vão ser sujeitas a nova regulamentação.

O Parlamento Europeu aprovou um conjunto de relatórios que prevê regras de autorização comuns para as três categorias: aditivos, aromatizantes e enzimas. Serão também elaboradas listas dos produtos autorizados, as suas condições de utilização e as regras de etiquetagem.

Actualmente, utilizam-se cerca de 300 aditivos e 2600 aromas. Para que um novo aditivo, aromatizante ou enzina seja autorizado, ele deve apresentar uma verdadeira vantagem e uma real necessidade tecnológica e não pode induzir o consumidor em erro, com alegadas qualidades como “fresco” ou “natural”.

Além disso, se for geneticamente modificada isso deve, obrigatoriamente, ser mencionado no rótulo, que deve também indicar se a substâncias provoca alergias. O impacto nas preferências alimentares das crianças será também investigado.

As novas regras serão discutidas pelo Estados membros no Outono.