Última hora

Última hora

Portugal não teme Polónia nas negociações do tratado reformador

Em leitura:

Portugal não teme Polónia nas negociações do tratado reformador

Tamanho do texto Aa Aa

É a um ritmo rápido que o primeiro-ministro português quer avançar com o tratado reformador da União Europeia. Foi isso que José Sócrates, que assume a presidência rotativa da União até Dezembro, foi dizer aos deputados do Parlamento Europeu.

A agenda portuguesa é clara: abrir a Conferência Intergovernamental no próximo dia 23 e chegar um acordo sobre o futuro texto na cimeira de Outono. E Sócrates não quer nem ouvir falar nos problemas que a Polónia possa, eventualmente, levantar. “Para mim, o compromisso alcançado com a Polónia, nos últimos minutos da Cimeira é muito claro. É claro para mim e é claro para todos os Estados membros. E, repito, não espero nenhum problema com a Polónia nem com nenhum outro Estado membro”, afirmou.

Perante o Parlamento Europeu, onde apresentou as prioridades da presidência portuguesa da União, Sócrates comprometeu-se a não rediscutir o texto do futuro tratado. “O nosso mandato não é para alterar o mandato. O nosso mandato é transformar este mandato num Tratado”, afirmou.