Última hora

Última hora

Gazprom escolhe Total para parceira no campo de Shtokman

Em leitura:

Gazprom escolhe Total para parceira no campo de Shtokman

Tamanho do texto Aa Aa

A francesa Total foi escolhida para parceira de prospecção no campo gigante de Shtokman, propriedade da russa Gazprom. O projecto de Shtokman, no mar de Barents está estimado em 14 mil 500 milhões de euros. O acordo será assinado esta sexta-feira.

A Gazprom-Total vai definir e financiar a primeira fase do projecto e construir as infra-estruturas. Mas a licença para a exploração e produção de gás será controlada por outra subsidiária. A companhia que detém o monopólio do gás russo informou que a Total ficará com 25% da sociedade proprietária das infra-estruturas.

A Gazprom detém para já 75%, mas deixa a porta fica aberta para outros parceiros adquirirem 24% da nova companhia. A notícia do acordo é o culminar de anos de negociações, concluídas com um telefonema do presidente francês Nicolas Sarkozy para o seu homólogo russo, Vladimir Putin.

A Total não quis comentar a notícia do negócio, que fez valorizar os seus títulos. Os riscos financeiros do projecto vão ser partilhados pelas duas companhias. Há muito que a Total procurava expandir-se na Rússia, o maior exportador mundial de energia.

O campo de Shtokman, no Mar de Barents, tem reservas estimadas de mais de 3,7 biliões de metros cúbicos de gás, suficientes para abastecer todo o mundo durante um ano. Uma parceria que permite à Total entrar no Árctico onde os especialistas estimam que estão 25% das reservas de hidrocarbonetos que restam no mundo.