Última hora

Última hora

Rio Tinto quer formar o maior produtor mundial de alumínio

Em leitura:

Rio Tinto quer formar o maior produtor mundial de alumínio

Tamanho do texto Aa Aa

A Rio Tinto, segunda maior companhia de minérios do mundo anunciou uma oferta amigável de compra da canadiana Alcan por 38 mil e 100 milhões de dólares. A companhia anglo-australiana oferece 101 dólares por acção da Alcan, ou seja mais 13% do que a cotação da empresa no encerramento do mercado de Nova Iorque na quarta-feira.

A Rio Tinto contraria assim uma oferta hostil da norte-americana Alcoa que tinha oferecido 28 mil 800 milhões de dólares pela Alcan. Caso o negócio se concretize será formada a maior companhia do mundo de alumínio com uma produção 4.4 milhões de toneladas/ano, batendo a russa Rusal.

A oferta é considerada boa pelos analistas. As acções da Rio caíram em Londres pelos receios da necessidade de uma nova oferta ainda mais elevada. Os títulos de outras companhias mais pequenas valorizaram, na expectativa de novas aquisições no sector.

A indústria mineira está a beneficiar da alta do custo das matérias-primas. Há muito dinheiro disponível e os principais actores do mercado procuram consolidar-se para fazer face à concorrência crescente dos mercados emergentes. Até 2011, os especialistas prevêem uma subida da procura do alumínio de 6%. Na China a procura está a crescer 15% ao ano