Última hora

Última hora

Barclays mais próximo de compra ABN Amro

Em leitura:

Barclays mais próximo de compra ABN Amro

Tamanho do texto Aa Aa

O Supremo Tribunal holandês autorizou o ABN Amro a prosseguir com a venda da subsidiária norte-americana LaSalle ao Bank of America. Um negócio de mais de 15 milhões de euros que reforça as hipóteses de sucesso do projecto de fusão do ABN com o Barclays.

O colectivo de juízes considerou que “a direcção do ABN Amro tem o direito de entrar em acordo com o Bank of America no que diz respeito a venda do LaSalle” e que “não deve haver qualquer dúvida sobre a implementação deste acordo, especialmente porque nesta fase já estão em jogo interesses de terceiros”.

O Supremo contraria assim a sentença do Tribunal de Amesterdão que tinha impedido o ABN de vender o LaSalle.

O advogado do banco holandês ficou naturalmente satisfeito com a decisão que derruba o último obstáculo ao maior negócio de sempre no sector bancário.

O ABN aceitou a OPA do Barclays de mais de 63 milhões de euros que prevê a venda do LaSalle.

Agora espera-se a reposta do consórcio formado pelo Royal Bank of Scotland, o Santander e o Fortis, que ofereceram mais de 71 milhões de euros pelo ABN mas com o LaSalle incluído. Este consórcio deve agora fazer uma nova oferta para evitar a fusão do Barclays com o ABN.