Última hora

Última hora

Polícia britânica liberta suspeitos dos atentados de Londres e Glasgow

Em leitura:

Polícia britânica liberta suspeitos dos atentados de Londres e Glasgow

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia britânica libertou, este domingo, dois homens detidos no dia 02 no quadro da investigação sobre os atentados falhados de finais de Junho em Londres e em Glasgow.

De acordo com a imprensa britânica, os dois indivíduos de 24 e 27 anos, cujas identidades não foram reveladas, são médicos estagiários de nacionalidade saudita, que estagiavam no Hospital Royal Alexandra de Paisley, em Glasgow.

A libertação dos dois homens acontece um dia depois da acusação formal dos médicos indianos, Sabeel Ahmed, de 26 anos, e Mohammed Hannef, de 27. O primeiro foi detido em Liverpool, no dia a seguir aos atentados, o segundo foi preso no aeroporto de Brisbane na Austrália, no dia 02, quando se preparava para apanhar um avião para a Índia.

O médico iraquiano Bilal Abdullah, de 27 anos, foi o terceiro indivíduo acusado formalmente de estar implicado nos atentados. Abdullah era um dos passageiros do automóvel lançado contra o terminal do aeroporto de Glasgow.