Última hora

Última hora

Catorze pessoas intoxicadas com fósforo amarelo na Ucrânia

Em leitura:

Catorze pessoas intoxicadas com fósforo amarelo na Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

Catorze pessoas foram hospitalizadas na região de Lvov, no oeste da Ucrânia, depois de um descarrilamento de um comboio que transportava fósforo amarelo, uma substância altamente tóxica. Dezenas de bombeiros trabalharam durante seis horas usando substâncias químicas especiais para arrefecer os tanques contendo o fósforo líquido. A água não pode ser usada para apagar chamas produzidas por fósforo, sob risco de formação de gases venenosos.

12 dos 14 feridos são membros das equipas de socorro, que tiveram as vias respiratórias afectadas pelos gases tóxicos. O vice-primeiro-ministro ucraniano, Alexander Kuzmuk, afirmou “tratar-se de um desastre. Desde a catástrofe de Tchernobyl estamos perante um caso que pode constituir uma verdadeira ameaça para a população”, conclui. As chamas provocaram uma nuvem tóxica de cerca de 90 quilómetros quadrados que se espalhou sobre cerca de 14 aldeias na região. 800 pessoas tiveram que abandonar as suas casas. O comboio com 15 vagões-cisterna era proveniente do Cazaquistão e tinha como destino a Polónia.