Última hora

Última hora

Mais de meia centena de clandestinos morrem às portas da Europa

Em leitura:

Mais de meia centena de clandestinos morrem às portas da Europa

Tamanho do texto Aa Aa

Meia centena de emigrantes clandestinos desaparecidos ao largo das ilhas Canárias. Segundo o testemunho de 49 pessoas que foram resgatadas pela equipa de salvamento haveria 105 emigrantes numa embarcação que naufragou devido às más condições do tempo.

Um avião de vigilância costeira detectou a embarcação em perigo mas não conseguiu chegar a tempo de evitar a tragédia, a 140 quilómetros a sul da ilha de Tenerife. Em Itália, na Ilha de Lampedusa quatro emigrantes morreram e 13 estão desaparecidos, clandestinos chegados às centenas em grupos diferentes nas últimas 48 horas. O centro de acolhimento da ilha, com capacidade para uma centena de pessoas, contém nesta altura 900. As autoridades italinas fretaram quatro aviões para distribuir estas pessoas por outros centros do país.