Última hora

Última hora

O pânico voltou a Manhatan

Em leitura:

O pânico voltou a Manhatan

Tamanho do texto Aa Aa

Os nova iorquinos não ganharam para o susto. Na memória colectiva, uma explosão no centro de Manhatan faz temer o pior e a cidade voltou a viver momentos de pânico. Na tarde de quarta-feira, em plena hora de ponta. Os que estavam mais próximos da zona da explosão passaram por longos minutos de medo e angústia:

“Voltei para trás para tentar ajudar pessoas a sair do edifício e, de repente, todos os vidros das janelas à sua volta começaram a partir-se e os estilhaços a cair, mas o que quer que fosse fazia muito fumo e vapor, montanhas de vapor, nunca vi nada assim na minha vida”, diz uma testemunha.

Outra afirma: “Eu vi uma nuvem de vapor da altura de 8 ou 9 andares subir, mostrei a minha identificação à polícia e perguntei como é que poso ajudar, queria encontrar os bombeiros para saber o que se estava a passar, pensava que era uma bomba”.

“Toda a gente começou a fugir, depois veio o vapor e não podíamos respirar, então as pessoas começaram a dizer que o edifício tinha desmoronado, todos pensaram no 11 de Setembro foi uma loucura”, declara outra.

Não foi uma bomba, mas os danos colaterais ainda não são conhecidos, sobretudo a ameaça de contaminação pelo amianto.