Última hora

Última hora

Penúria de electricidade em Tóquio

Em leitura:

Penúria de electricidade em Tóquio

Tamanho do texto Aa Aa

Tóquio com problemas de abastecimento de electricidade depois do sismo, há três dias, uma penúria que pode durar mais de um ano. Na central nuclear de Kashiwazaki -Kariwa, que fornece 20 milhões de habitantes, foi registada uma nova fuga de radioactividade, partículas que não serão nocivas para a saúde, garante a empresa que gere a central nuclear a Tóquio Electric Power.

As regiões norte da cidade, Niigata e Nagano, foram atingidas por um sismo, de magnitude 6,8 na escala de Richter, um dos mais fortes terramotos registados no Japão nos últimos anos. Mais de 2.000 habitantes de Kashiwazaki foram retirados de suas casas, após o sismo que provocou ainda um incêndio numa central nuclear.

O presidente da câmara, Hiroshimo Aida, entregou em mão a ordem de encerramento da central nuclear enquanto que o governo ordenou verificações profundas das condições de segurança no conjunto dos 55 reactores nucleares do país.