Última hora

Última hora

Rebentamento de conduta faz um morto em Manhatan

Em leitura:

Rebentamento de conduta faz um morto em Manhatan

Tamanho do texto Aa Aa

Manhatan foi sacudida por uma violenta explosão em plena hora de ponta. O rebentamento de uma conduta subterrânea de vapor semeou o caos no centro da cidade. O medo instalou-se, mas rapidamente as autoridades excluiram a hipótese de acto terrorista. Pelo menos uma pessoa morreu e cerca de duas dezenas deram entrada em hospitais com ferimentos – alguns graves – ou dificuldades respiratórias.

A explosão abriu uma craterade cerca de seis metros no pavimento da rua 41, próximo da estação central dos comboios de onde saíam, como num geiser, jactos de água e vapor de cerca de 40 metros de altura.

As nuvens e os destroços que voavam fizeram pensar no cenário da derrocada das torres gémeas daí que muita gente dissesse que um edifício se tinha desmoronado, hipótese prontamente desmentida pela polícia.

As primeiras explicações para as causas do rebentamento da conduta de cerca de 60 centímetros de diâmetro, construída em 1924, são a possível introdução de água fria no local, por uma razão ainda desconhecida.

O jacto foi contido cerca de uma hora e meia depois, revelando a presença de uma autocarro escolar no centro da cratera, mas sem passageiros.

A companhia de electricidade que serve esta área da cidade está a efectuar testes para verificar se há amianto no ambiente e promete a divulgação dos primeiros resultados nas próximas horas.

Apesar de a situação estar controlada, vai ainda dar muitas dores de cabeça a quem trabalha nesta zona da cidade, já que o presidente da câmara anunciou que várias ruas vão continuar inacessíveis.