Última hora

Última hora

Supremo tribunal Paquistanês revoga decisão de Musharraf

Em leitura:

Supremo tribunal Paquistanês revoga decisão de Musharraf

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça paquistanesa desafia a autoridade de Pervez Musharraf, ao anular a suspensão do juíz do supremo tribunal Iftikar Mohammed Chaudry, ordenada em Março pelo chefe de Estado. O Supremo Tribunal considerou a suspensão ilegal, ilibando o juíz das acusações de erros profissionais e abuso de poder, evocadas por Musharraf.

A decisão foi acolhida com entusiasmo por centenas de magistrados que nas últimas semanas se manifestam contra o que chamam de ataque à independência da justiça no Paquistão. A oposição, assim como os magistrados, acusavam Musharraf de tentar afastar o juíz, oposto à modificação da Constituição que permitiria ao chefe de Estado voltar a candidatar-se às eleições do final do ano.

Chaudry torna-se assim um novo símbolo da oposição crescente ao presidente Musharraf, que motivou vários protestos de magistrados nas últimas semanas. Uma contestação à qual se soma a vaga de atentados islamistas no país, após o assalto militar à “mesquita vermelha” de Islamabad.