Última hora

Última hora

Ecologistas russos atacados com violência

Em leitura:

Ecologistas russos atacados com violência

Tamanho do texto Aa Aa

Uma quinzena de violentos assaltantes surpreendeu um grupo de ecologistas na Sibéria, na madrugada de sábado e bateu num deles até à morte. Oito pacifistas russos ficaram hospitalizados. Os ecologistas tinham acampado em Angarsk em protesto contra o enriquecimento de urânio do Casaquistão na Central Nuclear da zona. “Os assaltantes não pertencem a grupos de jovens extremistas. Durante a investigação não foi encontrada propaganda de nenhuma organização radical. Tratamos isto como um acto de pura violência”, afirma um responsável pela investigação.

A polícia deteve duas pessoas e identificou 13. Mas para os ecologistas é pouco. Uma das manifestantes violentamente agredida alega que estavam todos a dormir, excepto o que fazia a vigia. Entre as 4 e as 5 da madrugada um grupo de jovens não identificados atacou o campo, enquanto gritava palavras de ordem. O que a convenceu de que eles são nazis ou skinheads. Os 15 assaltantes, armados com tacos de basebol, barras de aço, martelos e um machado, tinham a cabeça rapada, a cara pintada, e vestiam camuflados.