Última hora

Última hora

Mega-fusão nas operadoras de plataformas petrolíferas

Em leitura:

Mega-fusão nas operadoras de plataformas petrolíferas

Tamanho do texto Aa Aa

Acaba de nascer um novo gigante mundial da prospecção de petróleo no mar alto. Os grupos norte-americanos Transocean e GlobalSantaFe aceitaram uma fusão entre iguais, que vai criar um grupo com uma capitalização de 48 mil milhões de dólares, ou seja, 36 mil milhões de euros. A Transocean é a líder mundial do sector. Já a GlobalSantaFe é uma concorrente mais pequena. O novo grupo vai operar 146 plataformas petrolíferas em todo o Mundo. Combinando os livros de encomendas das duas empresas, o novo grupo vai ter uma facturação de 24 mil milhões de euros.

Os accionistas de cada uma das empresas vão receber um combinado de dinheiro e acções do novo grupo, que vai tomar o nome da Transocean. O director-geral da Transocean, Robert Long, mantém-se no cargo; já a presidência do grupo vai parar às mãos de Jon Marshall, actual homem-forte da GlobalSantaFe. O sector da prospecção petrolífera está a ter cada vez mais importância na economia mundial, à medida que aumenta o preço do barril e a procura de novos recursos.