Última hora

Última hora

CNMV aprova compra da Endesa

Em leitura:

CNMV aprova compra da Endesa

Tamanho do texto Aa Aa

A compra da Endesa pode finalmente avançar. A entidade reguladora dos mercados em Espanha, CNMV, aprovou a compra da energética espanhola por parte do grupo Acciona e da Enel, maior empresa de energia em Itália. A compra vai ser feita por 42,5 mil milhões de euros.

Este era o último obstáculo que faltava, depois da Comissão Europeia e a entidade espanhola do mercado energético terem também dado luz verde ao negócio. Segundo os termos do acordo, a Endesa mantém o nome e a sede. O principal centro de decisão da empresa continua a estar em Espanha.

As três empresas, juntas, têm uma capitalização bolsista de 90 mil milhões de euros e uma produção de 90.000 megawatts. Combinadas, a Enel, a Endesa e a divisão energética da Acciona têm uma carteira de 55 milhões de clientes. É o ponto final numa longa história, depois do fracasso da OPA lançada pela alemã E.ON e da desistência da espanhola Gás Natural, que quis também comprar a Endesa.