Última hora

Última hora

Inundações na Grã-Bretanha passam do oeste para o leste do país

Em leitura:

Inundações na Grã-Bretanha passam do oeste para o leste do país

Tamanho do texto Aa Aa

As inundações que nos últimos dias têm assolado a parte oeste da Grã-Bretanha podem agora passar para o leste do país. Nas próximas 24 a 36 horas, o rio Tamisa atinge o nível mais alto e, segundo as autoridades, as zonas de Reading, Windsor e Oxford não deverão escapar à força das águas.

À parte da região leste, o nível da água está a baixar um pouco por todo o lado.

John Healey, responsável do executivo, diz que a grande prioridade vai para o abastecimento de água potável. Pode ainda durar alguns dias até que os níveis voltem ao habitual. Mas as pessoas precisam de água para o dia a dia. Ainda pode demorar alguns meses até que tudo volte ao normal

Há, ao todo, 140 mil pessoas privadas de abastecimento de água canalizada. 900 camiões-cisterna foram mobilizados para a distribuição de garrafas. No entanto, outros problemas prometem agravar-se.

Chris Shaw, da protecção civil de Tewkesbury, diz que agora a expectativa está em saber como é que as pessoas vão lidar com dificuldades como por exemplo não terem casa de banho disponível. Por agora pede calma a todos pois há muito trabalho a fazer.

O governo prometeu disponibilizar perto de 15 milhões de euros suplementares para as localidades afectadas.

A central eléctrica de Gloucestershire, inundada no fim-de-semana passado, já voltou a funcionar, a electricidade foi restabelecida para 48 mil habitantes.