Última hora

Em leitura:

Números em queda para a ST Microelectronics


empresas

Números em queda para a ST Microelectronics

A ST Microelectronics teve um forte prejuízo no segundo trimestre deste ano. O grupo franco-italiano, maior fabricante de microchips na Europa, está a atravessar um pesado processo de reestruturação. O próximo passo é o fecho de três fábricas, nos Estados Unidos e Marrocos. A ST Microelectronics está a deslocalizar para a Ásia grande parte da produção.

Uma vez que a maior parte das vendas é feita em dólares, o grupo está a ser penalizado pelos câmbios. No último trimestre, o prejuízo foi de 548 milhões de euros. O volume de negócios esteve também a recuar, para 1,75 mil milhões de euros. Sem os encargos excepcionais, o resultado teria sido positivo. A administração prevê uma melhoria para o resto do ano.

Entretanto, a ST Microelectronics assinou um acordo de parceria com a IBM, número um mundial dos computadores. A empresa vai juntar-se a um grupo de seis companhias que trabalham em conjunto no desenvolvimento de semi-condutores. A ST Microelectronics espera beneficiar com o aumento de fatia de mercado previsto para a Nokia, uma vez que o grupo finlandês é o maior cliente.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

empresas

Americanos em Paris mais poupados