Última hora

Última hora

Vaga de calor continua no sudeste da Europa

Em leitura:

Vaga de calor continua no sudeste da Europa

Tamanho do texto Aa Aa

Nos Balcãs, centenas de bombeiros combatem as chamas, devido à onda de calor que se faz sentir em todo o sudeste da Europa. Na Croácia, a canícula já provocou dois mortos e os incêndios consumiram centenas de hectares de floresta. Cinquenta focos estavam também a ser combatidos na Sérvia.

As temperaturas superiores a 40 graus provocaram ainda inúmeros incêndios na Macedónia, onde se registou uma vítima mortal, para além da evacuação de milhares de pessoas da vila de Bitola, a 30 quilómetros da capital Skoje.

A vaga de calor não dá tréguas na Roménia. Em Bucareste, os termómetros subiram aos 45 graus e as autoridades anunciaram que 30 pessoas perderam a vida na semana passada. Os hospitais romenos receberam nas últimas 24 horas mais de 16 mil pessoas afectadas pelo calor.

500 mortos é o balanço mais negro, na Hungria. Segundo os serviços médicos nacionais, as temperaturas ultrapassaram os registos normais para esta época do ano, o que causou um aumento de 30 por centro da taxa de mortalidade no país.

Na Grécia, pela segunda vez no mesmo mês, os termómetros subiram até aos 48 graus e a nova vaga de calor fez uma vítima mortal.

Os valores registados no sudeste da Europa encontram-se 8 a 10 graus centígrados a cima das temperaturas habituais para o mês de Julho.