Última hora

Última hora

Bombeiros não conseguem controlar incêndio devastador na Grécia

Em leitura:

Bombeiros não conseguem controlar incêndio devastador na Grécia

Tamanho do texto Aa Aa

Em menos de 24 horas um incêndio devastador consumiu 30 mil hectares de floresta, a norte da península do Peloponeso, na Grécia.

As chamas, impulsionadas pelos ventos fortes, cercaram dezenas de povoações num raio de 40 km na região de Achaia, destruíndo várias casas nas localidades de Mamoussia, Pyrgaki e Melissa, onde centenas de pessoas foram deslocadas para centros de acolhimento provisório.

Três habitantes morreram, duas mulheres e um pastor, depois de recusarem abandonar as casas. Várias pessoas encontram-se desaparecidas.

Uma habitante afirma que na povoação, “a prioridade é de tentar salvar as casas das chamas. Não sabemos o que fazer, o que é que podemos fazer, estamos desesperados”. 150 bombeiros, 70 veículos e cinco aviões participam no combate ao incêndio que esta manhã continuava a progredir.

Desde há vários dias que a Grécia regista temperaturas que superam os 40 graus centígrados. Os meteorólogos anunciam para hoje rajadas de vento forte que aumentam o risco de reacendimento das chamas.