Última hora

Última hora

Dinamarca chocada e desiludida com expulsão de Rasmussen do Tour

Em leitura:

Dinamarca chocada e desiludida com expulsão de Rasmussen do Tour

Tamanho do texto Aa Aa

Na Dinamarca enterra-se simbolicamente a Volta à França. Para a imprensa do país Michael Rasmussen é agora o símbolo do ciclismo mentiroso, mas os jornais vão mesmo assim mais longe, defendendo que a mentira não acaba aqui. Nas ruas de Copenhaga as reacções são mais de choque ao abandono forçado do corredor nacional, que tinha quase garantida a vitória.

Um dinamarquês afirma: “O homem teve 14 controlos negativos e depois expulsam-no, só porque é um tema sensível neste momento. Não posso aceitar”. Outra habitante de Copenhaga diz que “é terrível, simplesmente chocante, mesmo se é suspeito de alguma coisa”.

Outro dinamarquês explica: “Eu ficarei desiludido se for provado que Rasmussen recorreu ao doping, o que parece possível, pois pensei que fosse um dos ciclistas limpos. Agora já não sei. Provavelmente recorreu ao doping como todos”. A vaga de escândalos nesta edição do Tour acaba por abalar ainda mais a imagem do ciclismo. Mas os casos descobertos esta semana não são únicos nos últimos anos na Volta à França.