Última hora

Última hora

Intel acusada por Bruxelas de práticas ilegais de concorrência contra a AMD

Em leitura:

Intel acusada por Bruxelas de práticas ilegais de concorrência contra a AMD

Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia formalizou a acusação contra a Intel por alegadas práticas ilegais que prejudicam a concorrente AMD – Advanced Micro Devices. O dossiê é estudado por Bruxelas há vários anos. Intel e AMD são os dois fabricantes mundiais de microprocessadores, ou seja, o cérebro dos computadores pessoais e dos servidores. A concorrência entre os dois grupos californianos é feroz e até agora é a Intel que tem levado a melhor. A AMD apresentou no primeiro trimestre do ano perdas na ordem dos 500 milhões de euros e ficou também sem uma parte dos 25 por cento de fatia de mercado que possuía em 2006.
O grupo deficitário apresentou no passado queixas contra a Intel noutras regiões do globo – nos Estados Unidós e na América do Sul por exemplo – mas nenhum dos processos ficou concluído para julgamento.